6 de julho de 2010

GULOSEIMAS DA MINHA INFÂNCIA

AMENDOCREM



Época: 1980, 1990
Descrição:
Amendocrem é uma pasta de amendoim e mel. Os cremes vinham em potes ou em formatos de bonequinho.








AZEDINHO DOCE





Um chicletinho de morango ou maçã verde, com um formato diferente, uma espécie de "tirinha", e vinha em um pacotinho com seis. Aí era abrir o pacotinho, tirar um chiclete, uma tirinha, tirar o papel dele e mandar! Não consigo me lembrar de nada que seja azedo e doce ao mesmo tempo como esse tal Azedinho Doce. E, beleza, ele tinha um cheiro que era meio viciante... Aí além de chupar o chiclete, ainda tinha o barato de poder cheirar o pacotinho.


BOLIM BOLA



Chiclete quem vinha numa embalagem com 6 unidades, com sabores sortidos.

Esse chiclete era uma bosta, mas como crianças gostam de coisas coloridas...









DADINHO




Dadinho é o C*R*LHO. Meu nome é Zé Pequeno!
Não. Não é inspirado no filme.
Dadinho é o nome de uma marca tradicional do doce feito de amendoim, da empresa Dizioli. É vendido em forma de dado, daí a origem de seu nome, em embalagens metalizadas.





DULCORA




Drops de bala, vinha uma de cada sabor e cor. Eu adorava essa bala. Quando fazia natação na SUDERJ, no Maracanã, ou quando voltava do futebol na ACM, me acabava com essa bala.







GRAPETTE







Época: 1940, 1950, 1960, 1970, 1980, Descrição:Refrigerante fabricado pela The Grapette Company. Criado na década de 40, por Benjamin Tyndle Fooks, em Camden, Arkansas, experiente na mistura de aromas e conhecedor da ausência de refrigerantes à base de uva. No Brasil, apareceu em 1948, através da franqueada Companhia de Indústrias Guanabara, no Rio de Janeiro. Vendida em garrafas dita "cintura fina", tinha como slogan "com ou sem sede". Na década de 70, ficou famoso nas rádios do Brasil com o jingle "quem bebe Grapette, repete.

CIGARRINHOS PAN




Cigarrinhos Pan Eram rolinhos "cigarros" de chocolate. Faziam sucesso com a criançada mas era um puta incentivo para que o público infantil passasse a fumar.








ICE POP



Ice Pop era suquinho vendido no saquinho quer era só colocar no congelador. Vinha nos versos dos Gibis do Homem Aranha.










BALA JUQUINHA


Começou na década de 50.

A empresa Balas Juquinha Ind. e Com. Ltda. foi fundada em 1945 com uma outra razão social, Salvador Pescuma Russo & Cia Ltda., e dedicava-se à fabricação de refresco em pó efervecente.
A partir dos anos cinqüenta, a empresa começa a fabricar balas mastigáveis. Nascem assim as famosas Balas que encontram logo uma grande aprovação em todo território nacional.
Juquinha quando tá chupando bala, não fala;Não fala, não dá bola nem dá bala, Juquinha; Bala de coco e de frutas, Juquinha; De tamarindo, uva e limão, De hortelã, framboesa e jiló. Vinha com um brinde maravilhoso. O papel que envolvia a bala. Nunca ninguém conseguiu comer a tal bala sem a presença de nenhum pedaço do famigerado papel.

KI-SUCO





Ruim pra cacete. Mas todo mundo tomou essa porcaria. Mas existia algo pior. O Tang.
Era um suquinho em pó, muito barato e com muito corante. Sua mascote era uma jarrinha sorridente.






BALA KIDS


Roda, roda, roda baleiro, atenção! Quando o baleiro parar, põe a mão. Pegue a bala mais gostosa do planeta,Não deixe que a sorte se intrometa. Bala de Leite Kids, A melhor bala que há. Bala de Leite Kids, Quando o baleiro parar.









CHOCOLATE KRI



Era um chocolate com flocos crocantes de embalagem listrada em azul, vermelho e prateado. Hoje o Kri atende pelo nome de Crunch.
loloLollo era chocolate fabricado pela Nestlé e atualmente se chama Milkybar.







MINI CHICLETES ADAMS



Eram mini-chicletinhos, que vinham numa embalagem com o sorriso transparente. Quem nunca engasgou com um deles? Tinham muito corante e ao colocar na palma da mão, deixava tudo sujo.








MOEDAS DE CHOCOLATE




Chocolate em forma de moeda produzido pela Pan. Quem não se lembra?
Quantos de nós não ficamos cianíticos e tivemos que ser internados às pressas em prontos socorros porque engolimos moedas de verdade?
Tudo isso graças a Pan. A mesma que inventou os cigarrinhos de chocolate.
Antes de falir eles iriam fazer o chumbinho mata-rato confeitado.


MONSTRINHOS CRECK


Esse é fogo. Era meu apelido quando era criança. Na época do auge desse biscoito eu tinha um casaco azul com as iniciais MC. Pronto, bastou isso para eu ser chamado por todo o Colégio Pedro II de Monstrinho Creck.
O fabricante dos biscoitos "Monstrinhos Creck" passava para a criança a idéia de que cada biscoito, antes de ser colocado na embalagem, era provado por monstros que deixavam a marca de sua mordida em todos os biscoitos. Era como se, antes de comermos a iguaria, esta já tivesse sido experimentada antes pelo monstrinho simpático da embalagem, e aprovada por ele. Ou seja: todos os biscoitos vinham "mordidos", e tinham até as marcas dos dentes dos supostos provadores.
Existiam vários sabores, dentre os quais: chocolate, nata, coco e morango. Detalhe que cada sabor tinha seu próprio monstro, um diferente do outro. Na verdade a cada duas mordidas de teste, os gatunos ganhavam um biscoito. E a molecada burra comprava direto esse famigerado biscoito.

PIROCÓPTERO

Não existe criança que não gosta de pirulito, certo? E também não existe criança que não gosta de brinquedo. Então por que não juntar os dois? Depois de consumida a parte de bala, era só colocar a hélice no palito e a brincadeira começava.
A merda acontecia quando o pirocóptero caia no telhado de um vizinho ou em um quintal de algum cachorro raivoso.






CLICLÉ PLOC

Era um chiclete duro pra caramba, mas vinha com figuras decalque e era isso que valia.
A goma de mascar da marca Ploc começou a ser fabricada pela Q-Refresco em 1968.
Em 1984 os cicletes Ploc anunciaram uma promoção que daria 150 video games para os sortudos que tivessem a sua carta e a sua frase escolhida.
O auge foi durante a Copa de 86 onde saiam figurinhas dos jogadores da copa. Todo mundo jogava o chiclete fora e ficava disputando a figurinha no Bafo-bafo.

LOLO



Esse chocolate foi substituído pelo Milkbar. Não mudou a forma e continuou uma bosta.

Um comentário:

  1. e aquela bala de banana que era dura pra caramba, vc sabe onde achar a foto

    ResponderExcluir